Consciência do oprimido: uma leitura freiriana de Lima Barreto

  • Leonardo Raphael Carvalho de Matos Universidade Nove de Julho

Resumo

“Consciência do oprimido: uma leitura freiriana de Lima Barreto”, de Carlos Mario Paes Camacho, que analisa “O triste fim de Policarpo Quaresma”, de Lima Barreto, publicada em 1915, à luz das concepções de Paulo Freire, especialmente as questões da consciência e as contradições da sociedade brasileira. A obra de Lima Barreto persegue a “razão oprimida”, ou seja, a existência de racionalidades desenvolvidas pelas classes subalternizadas e que foram silenciadas pelo poder das classes dominantes.

Publicado
02/07/2020
Seção
Artigos